Diocese de Novo Hamburgo

Encontro de Cura e Libertação e Cerco de Jericó na Catedral

- CLAE

CATEDRAL SÃO  LUIZ GONZAGA RECEBE ENCONTRO DE CURA E LIBERTAÇÃO NO ÚLTIMO DOMINGO
 

A Comunidade de Louvor e Adoração Emanuel (CLAE) realizou nesse último domingo (08) seu Encontro de Cura e Libertação, reunindo pessoas de vários locais da Diocese e também de fora dela, na Catedral Basílica São Luiz Gonzaga.
 

Junto à última missa do Cerco de Jericó, os fiéis que estavam presentes rezaram e louvaram a Deus por todos os milagres e prodígios realizados. "Nós tínhamos preparado o Encontro de Cura e Libertação separado do Cerco de Jericó; em vista da pandemia nós resolvemos fazer juntos o encerramento do Cerco de Jericó com uma tarde de Cura e Libertação. Não podíamos imaginar que seria um casamento tão perfeito", comentou um fundador da CLAE, Padre Marco Antônio Leal. "Nós entendemos que muitas situações em que as pessoas precisam de cura e libertação precisam, na verdade, aprender a combater na oração a conquistar, como no Cerco de Jericó,  a Vitória de Deus sobre as barreiras que impedem a cura e a libertação de chegar", concluiu o Padre.
 

O Coordenador do Encontro de Cura e Libertação, Maicon Serpa, membro da comunidade Emanuel, relatou o que viu: "Como é bom sentir o poder de Deus agindo por nós, mero pecadores; como é bom ver a graça de Deus agindo naqueles que, um dia, desistiram; como é bom sentir a presença de Deus, quase num momento de tocar a presença de Deus poderoso". Ele completou dizendo que o Encontro não fora para grandes multidões, mas que Deus escolhera alguns filhos especiais, em um lugar especial para ter essa Tarde de Cura e Libertação.

 

Izabel Fontoura, vocacionada de aliança da Comunidade, testemunhou que foi curada de uma tendinite no braço, da qual sofria há mais de 17 anos. “Cada vez que eu trabalho e venho à noite pra dormir, meu braço fica paralisado, o sangue esfria e o braço direito não se movimenta. Ontem eu entreguei pra Deus minhas dores, e especialmente o meu braço, e acordei às 2 horas da manhã, sem nenhuma dor, nada! Comecei a louvar e agradecer a Deus pela cura que Ele me deu, eu estou curada! Eu não tenho dor nenhuma e, hoje, como ontem trabalhamos no Encontro de Cura, não era nem pra eu conseguir levantar meu braço e eu não tenho nada”, disse Izabel!

Siga a comunidade Emanuel no Facebook, Youtube e Instagram. Confira algumas fotos do encontro, abaixo.